Recents in Beach

Recent in Sports

Animedia - Abril de 2022

 Animedia - Abril de 2022

Trazemos para vocês a tradução da matéria da Animedia do mês de Abril! Temos a entrevista com o diretor Hishida Masakazu e o produtor Naka Toshikazu de Hanyou no Yashahime, em que os dois falam sobre a batalha final que acontecerá na segunda temporada!




Tradução: Jessy Nayra


Mesmo que estejam separadas agora, as Princesas Meio-Youkais e Rion são como irmãs de coração

Towa, Setsuna e Moroha continuaram a dura batalha contra Kirinmaru. As garotas encontraram Rion e permitiram que ganhassem novas armas e aumentassem o seu poder. Não importa se cada uma de suas circunstâncias sejam diferentes, se elas são meio-youkais, um-quarto youkai ou youkai, elas são garotas comuns. A encarnação de Kirinmaru, Kirin Osamu, raptou Rion e está tentando criar um novo mundo por meio dela e do poder do Cometa Sombrio. Towa e as outras poderão salvar Rio que foi absorvida pela Borboleta Sombria? Os quatro dias que passaram juntas alegremente, não se perderam na memória, elas assumem com determinação que a batalha final está prestes a começar com tudo! 


Biografia dos personagens 

Towa

Filha gêmea mais velha de  Sesshomaru. Mesmo que use a Zanseiken, que foi confiada por Rion, ela suga a energia demoníaca e ao mesmo tempo rouba a sua Kon. Com isso ela arrisca a sua vida ao lutar com essa espada.

Setsuna

Filha gêmea mais nova de Sesshomaru. Ela pode cortar os fios do destino de humanos e youkais com a naginata “Yukari no Tachikiri”. Ela se preocupa com Towa, que usa a Zanseiken para lutar.

Moroha

Filha de Inuyasha e Kagome. Recebeu um arco que Kagome fez e enfrenta o Cometa Sombrio ao lado de Towa e Setsuna.

 Rion

Filha de Kirinmaru. Foi selada por 600 anos dentro de uma barreira no Monte Musubi. Ao cooperar com as Princesas Meio-Youkais, ela tentou impedir a ambição de Kirinmaru, mas...

 

 As histórias secretas de amor, boas e ruins, da família das Princesas Meio-youkais e de Rion


A maneira que as Princesas Meio-Youkais interagem com seus pais mudou o amor em família em 100%!

Apesar de reconhecê-lo como “Sesshomaru” no início, na época em que salvaram Rin, Towa e Setsuna começaram a se referir a eles como “Pai” e “Mãe”. Com Moroha tendo se reunido a Inuyasha e Kagome, ela surpreendentemente começou a mostrar o quanto se sentia sozinha. Acho que foram essas coisas que permitiram que cada uma delas aceitasse a existência de seus pais.”(Hishida)


A separação de Rion de Kirinmaru

A rejeição da filha que choca o pai

Amor de pai e filha aproximadamente 0%

“A relação de Kirinmaru e Rion é uma mistura de amor e ódio, ou melhor, a filha acha que o apego de seu pai é algo sufocante. Acho que é algo que se aproxima de um problema comum em relacionamentos reais de pais e filhos. É como um estereótipo de um relacionamento entre pais e filhos que não está indo bem.” Produtor Naka


Histórias secretas uma antes da outra

Uma longa conversa na véspera da batalha decisiva com o diretor Hishida Masakazu e o produtor Naka Hisakazu 


Com um desenvolvimento que passou da primeira temporada para a segunda, a batalha das Princesas Meio-Youkais finalmente está chegando ao clímax. O diretor Hishida e o produtor Naka falaram sobre Kirin Osamu, cuja existência se tornou de um soberano final e os destaques para fase final!


O desfecho da batalha decisiva finalmente chegou! O professor Kirin é a chave!

Q:  Aproximando-se do clímax, a existência de Kirin Osamu se tornou maior, mas qual é a a “diferença” entre ele e o Kirinmaru?

Naka: Na primeira temporada, o professor Kirin foi ainda algo como “uma existência que tinha algum tipo de conexão com Kirinmaru” e o personagem não tinha se estabelecido profundamente. No entanto, com o cenário da história retornando à Era Atual, a única existência que poderia se tornar a chave era a dele, porque discutimos sobre como queríamos retratá-lo assim, fazendo com que se tornasse o tipo de personagem que você vê agora. Kirinmaru é o que busca a sua própria força ao invés de destruir os humanos, mas o modo do professor Kirin pensar é mais extremo e vai em direção em destruir os youkais. Nesse sentido, ele é uma existência com uma posição que não tinha sido vista até agora.

Hishida: E também há uma diferença clara entre ele e Kirinmaru que é o seu conhecimento. Ele mesmo viveu por 500 anos e tem visto como a humanidade tem se comportado ao longo desse tempo. No presente, ele estudou a história humana e conheceu sobre as grandes guerras que aconteceram duas vezes, como a primeira e a segunda guerra mundial. Ele tem um vago entendimento do que ele precisa fazer para dominar o mundo com uma perspectiva inteligente que é diferente da de Kirinmaru que busca apenas a sua própria força. Mas a sua essência dos dois de amar Rion é a mesma. Ela é o foco de seus pensamentos então ambos acabam tomando decisões que trazem o caos ao redor.

Naka: A forma como o professor Kirin decide por si mesmo que “Tenho certeza de que isso é o que Rion também deseja” é a mesma que Kirinmaru, não é?

Hishida: É completamente igual. É por isso que nós mostramos de uma forma que isso não fique borrado, mal entendido, ou melhor, esperamos expressar que não há nada de bom que venha desse tipo de superproteção. 


Q: Que tipo de direções de atuação vocês deram a Hosoya Yoshimara, que interpreta Kirin e também Kirinmaru?

Hishida: Eu disse a Hosoya para fazer o mesmo que tinha feito na primeira temporada, indiferente e desinteressado. Basicamente foi assim que eu pedi que interpretasse o professor Kirin.

Naka: O diretor de som Nagura o dirigiu de uma forma que o permitiu que pudesse diferenciá-lo de Kirinmaru, mas acho que isso se deve muito ao trabalho realizado por Hosoya. Por fim, nós conseguimos a fase final e o professor Kirin, de repente mostra todos lados diferentes de si mesmo.

Hishida: Ele fala muito na fase final.


A história segue para o clímax com muitos sentimentos acumulados!

Q: Olhando para trás na segunda temporada, quais cenas vocês tem mais ligação?

Naka: Para mim, foi quando Setsuna dominou por completo a “Yukari no Tachikiri”. Depois de entrar na segunda temporada, houve uma construção para que ela dominasse a nova naginata. Então estou feliz que o objetivo foi finalmente alcançado.

Hishida: Minha cena favorita foi quando Setsuna segurou a mão de Towa durante o encontro de Moroha com Inuyasha e Kagome. Ela não pode abraçar os seus pais devido às circunstâncias que a impediu de se reunir a eles, então deu a sensação de que Setsuna ainda tinha a sua irmã mais velha, apesar disso. A impressão é que a imagem no momento foi simples, mas acho que foi uma boa cena.

Naka: Você pode sentir uma mudança interna na Setsuna naquele momento.

Hishida: Antes ela não teria chorado de forma alguma. Eu fiz um bom trabalho se dissesse isso (risos). É aí que Setsuna percebe que “não tinha nenhum sentimento em relação aos seus pais biológicos”. Towa cresceu cercada pela família Higurashi na Era Atual, mas se perguntando se Setsuna cresceu com o mesmo tipo de amor e a resposta seria de que não foi bem assim. É por isso que eu estava realmente feliz que Towa tenha estado ao lado da irmã naquele momento. O fato de ter conseguido segurar a mão de Towa, mostra o quanto amadureceu. Mesmo que a cena tenha sido curta, houve muito significado por trás dela.

Naka: A princípio, tinha a ideia de que no enredo Setsuna não iria para aquele lugar.

Hishida: A princípio sim, mas eu quis que Towa e Setsuna vissem o momento em que Moroha se encontra com os seus pais. Houve também o fato de que era ali que eu quis que elas claramente percebessem algo que ainda não possuíam. De alguma forma, foi um prefácio para a última fase da história. 

 

Q: Estamos finalmente mergulhando no clímax, mas em qual personagem devemos prestar atenção?

Hishida: Eu diria que o Riku.

Naka: Como um personagem que está do lado oposto ao de Towa, Riku está em uma boa posição. Ele está tentando protegê-la enquanto está em uma situação em que se Kirinmaru morre, ele também morrerá. Ele também protege Rion, porque ela sempre foi importante para ele. Mas o que acontecerá com ele na parte final? Acho que isso é um destaque.

Hishida: Também tem o professor Kirin. Do momento em que foi mostrado até agora, ele parece ser uma boa pessoas, mas muda depois de se unir com Rion.

Naka: O Kirin não é totalmente uma pessoa ruim.

Hishida: Todos nessa história têm o seu próprio ideal de justiça e suas próprias crenças que acham ser correto e isso é algo problemático (risos).

 Q: Estamos também curiosos para ver como as Princesas Meio-Youkais vão agir.

Hishida: No episódio 41, “O cata-vento de Akuru”, Rin disse “Por favor, garantam que irão voltar vivas!” “E então, permitam que eu e o Senhor Sesshomaru possamos abraçar vocês!”, é uma questão que vale a pena pensar se irá acontecer ou não e junto a isso fica a pergunta “Será que esse Sesshomaru vai mesmo abraçar as suas filhas?”, é algo a se notar.

Naka: Como um ponto importante deste trabalho, achamos que não era o momento certo para as três garotas resolverem suas questões da forma que Inuyasha ou Sesshomaru fariam, então nós estamos fazendo de uma forma que “é por causa delas que as coisas se resolveram assim”. É algo que o diretor tem sempre deixado claro, então seria ótimo se os espectadores pudessem pensar em uma solução comum e única para as três.

Hishida: É morrer ou salvar. Acho que isso vai se tornar a chave. Aproximar de Rion é algo que Inuyasha e Sesshomaru não podem fazer.

Naka: Queremos terminar as coisas de forma satisfatória, então, por favor, esperem por isso.


O contra-ataque do braço direito e a filha de Kirinmaru!

Kirinmaru 

Para reviver sua amada filha, Kirinmaru planejou usar o corpo de Towa como um receptáculo para a alma de Rion. No entanto, Kirin, que foi o seu próprio braço direito, que a trouxe para o seu lado e Kirinmaru, por sua vez, que foi usado por ele.

O inesperado soberano final

Kirin Osamu

Originalmente foi o braço direito de Kirinmaru que foi descartado no “Poço Come Ossos”. Embora seja o professor de ensino médio na escola de Towa, ele secretamente extermina youkais na Era Atual. Ele tenta usar Rion para alcançar a sua ambição.

O abraço em família vai acontecer?

Sesshomaru

Durante a batalha contra Kirinmaru, Sesshomaru esteve em sério perigo. Mesmo que tenha escapado disso graças a Zanseiken de Towa, chegará um momento em que ele passará dias tranquilos com Rin e suas filhas, de quem ele tem cuidado?

E a sua relação com Towa?

Riku

Uma encarnação nascida do chifre de Kirinmaru. Ele se apaixon por Towa e com isso trai Kirinmaru. Ele estava na posição de proteger Rion, mas eles foram separados por causa de Kirin. Então ele vai salvá-la junto com as Princesas Meio-Youkais.

 

Perguntamos ao diretor Hishida e ao produtor Naka de Yashahime – Número 1 em tudo

O menor e mais fofo número 1, Tachechiyo e Shippou

“Ter dois personagens como mascotes foi mais divertido do que eu esperava.” (Produtor Naka)

“A cena com Takechiyo foi engraçada. Foi ótimo que mesmo depois de 20 anos, a maneira como Shippou é tratado pelos outros não mudou nem um pouco em vista de antes (risos)” Diretor Hishida

 



Postar um comentário

0 Comentários